A decisão de investimento deve ser baseada na leitura e compreensão da íntegra do prospecto definitivo da distribuição, da escritura de emissão assinada e registrada e demais instrumentos acessórios, cujas cópias podem ser solicitadas a este Agente Fiduciário. 

Anúncio de Início de Distribuição - Assembléias - Avisos - Emissão  - Emissora - Escritura - Garantia - Juros Remuneratórios - Pagamentos - PU's DiáriosRelatórios

 

ITAUBANK LEASING S.A. ARRENDAMENTO MERCANTIL
7ª Emissão - Série Única 


Código BOVESPAFIX

CILS-D71

Código SND

ILAM17 

Distribuição

PÚBLICA

Status da Emissão

VENCIDA

Status da Emissora

ADIMPLENTE

 

Emissora - ILAM17 / CILS-D71

www.itau.com.br


Denominação social

ITAUBANK LEASING S.A. ARRENDAMENTO MERCANTIL

Endereço da sede

Alameda Rio Negro, 1439, Q 12, Lote 11
Alphaville 06454-000 Barueri - SP

CNPJ

43.443.464/0001-85

Diretor de relações com investidores

SILVIO APARECIDO DE CARVALHO
Pça. Alfredo E.S.Aranha, 100-Torre C-12º Pq. Jabaquara 04344-902 São Paulo - SP
Tel 11-4004-4828

sac-drinvest@itau.com.br

Atividade

Arrendamento mercantil

Situação

Operacional

Controle acionário

Privado nacional

Auditor independente

Pricewaterhouse Coopers Aud. Ind.

Jornais onde a companhia divulga informações

DCI Com. Ind. & Serviços

Diário Oficial do Estado de São Paulo

 

Destinação dos Recursos - ILAM17 / CILS-D71

Voltar


Os recursos obtidos por meio da presente Oferta serão destinados a financiar as operações de arrendamento mercantil da Itauleasing. Além de financiar as operações da Emissora, os recursos captados com a emissão da dívida subordinada representada pelas Debêntures serão considerados no balanço consolidado do Banco Itaú, como nível II do patrimônio de referência das demonstrações financeiras consolidadas do Banco Itaú, nos termos da Resolução CMN n.º 2.837/01, tendo em vista que as Debêntures foram consideradas elegíveis como instrumento de dívida subordinada, conforme Ofício n.º Deorf/Cofin II 2001/125 de 26 de setembro de 2001.

 

Emissão - ILAM17 / CILS-D71

Voltar


Título

Debêntures não conversíveis

Registro na CVM

CVM/SRE/DEB/2001/082

Coordenador Líder

Banco Itaú S.A.

Data início de distribuição

11/12/2001

Forma

Escritural

Espécie

As Debêntures serão da espécie subordinada, sem qualquer garantia. Na hipótese de a EMISSORA sofrer processo de intervenção, liquidação ou qualquer outro procedimento de natureza semelhante, a dívida representada pelas Debêntures terá seu pagamento subordinado ao pagamento dos demais passivos da EMISSORA.

Emissão / série

Sétima / Única

Autorização

A Escritura de Emissão é celebrada com base em autorização das Assembléias Gerais Extraordinárias da EMISSORA, realizadas em 03 de outubro de 2001 e 26 de novembro de 2001. Adicionalmente, a AGE delegou ao Conselho de Administração da EMISSORA poderes para deliberar sobre determinadas condições da Emissão, na forma do disposto no parágrafo primeiro, do artigo 59, da Lei n.º 6.404, de 15 de dezembro de 1976 (“Lei n.º 6.404/76”).

Data de emissão

01 de setembro de 2001

Data de vencimento

01 de setembro de 2008

Data da próxima repactuação

Não há

Quantidade de títulos da emissão

600.000

Valor nominal na data de emissão

R$ 1.000,00

Valor total da emissão

R$ 600.000.000,00

Preço de subscrição

O preço de subscrição das Debêntures é de R$ 991,96 na Data de Emissão (o “Preço de Subscrição”), definido por meio de procedimento de bookbuilding, que determinou o deságio de 0,8040% a ser aplicado sobre o Valor Nominal Unitário das Debêntures acrescido dos Juros Remuneratórios, devidos e não pagos, calculados pro-rata temporis desde a Data de Emissão até a data de sua efetiva subscrição e integralização.

Remuneração

DI + 0,75% aa (base 252 dias)

Amortização programada

100% no vencimento

Datas de pagamento de juros

14 parcelas semestrais sendo a primeira paga em 01/03/2002

Aquisição facultativa

Não há

Resgate antecipado

Não há

Agente fiduciário

Pavarini DTVM

Banco mandatário e escriturador

Banco Itaú

Código CBLC

CILS-D71

Código SND

ILAM17

Rating

Moody's Rating: Aaa.br

 

Garantia - ILAM17 - CILS-D71

Voltar


As Debêntures serão da espécie subordinada, sem qualquer garantia. Na hipótese de a EMISSORA sofrer processo de intervenção, liquidação ou qualquer outro procedimento de natureza semelhante, a dívida representada pelas Debêntures terá seu pagamento subordinado ao pagamento dos demais passivos da EMISSORA.

 

Juros Remuneratórios - ILAM17 / CILS-D71

Voltar


3.9.1.      A apuração das parcelas de Juros Remuneratórios que deverão ser pagas pela EMISSORA nas Datas de Pagamento dos Juros Remuneratórios será realizada mediante a aplicação da fórmula abaixo:

 

onde:
J           = valor dos Juros Remuneratórios devidos no final de cada Período de Capitalização;

VNe       = valor nominal da Debênture no início do Período de Capitalização;

FatorDI  = produtório das Taxas DI over, da data de início do Período de Capitalização, inclusive, até a data de cálculo exclusive;

           

 

onde:

 
nDI       = número total de Taxas DI over;

  = Taxa DI over, expressa ao dia, obtida a partir da seguinte fórmula:

onde: 
k = 1, 2, ..., n


  = Taxa DI over calculada e divulgada pela CETIP;


dk        = número de dia(s) útil(eis) correspondentes ao prazo de validade da Taxa DI over;

spread = será de 0,75% a.a. (base 252 dias úteis) e válido até o vencimento das Debêntures;

 n       = número de dias úteis de cada Período de Capitalização.

 

Pagamentos Efetuados e Programados - R$/debênture - ILAM17 /CILS-D71

Voltar


3.12. Suspensão dos Pagamentos pela EMISSORA

3.12.1. Durante o prazo de vigência das Debêntures, a EMISSORA está obrigada a postergar o pagamento de todas as obrigações pecuniárias devidas às Debêntures, inclusive multa e encargos moratórios, sempre que tal pagamento implique no desenquadramento da EMISSORA e/ou do Banco Itaú S.A em relação ao nível mínimo de Patrimônio Líquido Exigido (PLE) e demais limites operacionais estabelecidos pelo Conselho Monetário Nacional e pelo Banco Central do Brasil.

3.12.2. Eventual desenquadramento da EMISSORA e/ou do Banco Itaú S.A em relação ao nível mínimo de Patrimônio Líquido Exigido (PLE) e demais limites operacionais, conforme referido no item 3.12.1 acima, deverá ser comunicado pela EMISSORA ao AGENTE FIDUCIÁRIO no prazo de 1 (um) dia contado da constatação do desenquadramento, mediante envio de documento que comprove tal desenquadramento em relação às referidas normas e limites.

3.12.3. A suspensão dos pagamentos pela EMISSORA, conforme previsto neste item, deverá vigorar até que a EMISSORA ou o Banco Itaú S.A. comprovem estar novamente enquadrados em relação ao nível mínimo de Patrimônio Líquido Exigido (PLE) e demais limites operacionais estabelecidos pela regulamentação vigente à época, devendo a EMISSORA efetuar os pagamentos anteriormente suspensos no prazo de 5 (cinco) dias úteis contados da comprovação de que a EMISSORA ou o Banco Itaú S.A. estão novamente enquadrados em relação às referidas normas e limites.

Data

Parcela

Amortização

Parcela

Juros

Status

01/03/02 - - 1/14 91,148625 Pago
01/09/02 - - 2/14 92,695232 Pago
01/03/03 - - 3/14 109,317083 Pago
01/09/03 - - 4/14 122,455657 Pago
01/03/04 - - 5/14 90,473675 Pago
01/09/04 - - 6/14 82,209358 Pago
01/03/05 - - 7/14 84,305631 Pago
01/09/05 - - 8/14 99,552863 Pago
01/03/06 - - 9/14 90,014413 Pago
01/09/06 - - 10/14 80,113624 Pago
01/03/07 - - 11/14 66,315795 Pago
01/09/07 - - 12/14 64,203364 Pago
01/03/08 - - 13/14 56,126781 Pago
01/09/08 1/1 1.000,00 14/14 61,624322 Pago

 

Assembléias - ILAM17 / CILS-D71

Voltar


Ata AGD 28/02/2007

 

Avisos - ILAM17 / CILS-D71

Voltar


EDITAL DE CONVOCAÇÃO

ASSEMBLÉIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 7ª EMISSÃO PÚBLICA

 

Os Senhores Debenturistas da 7ª Emissão Pública de Debêntures da CIA. ITAULEASING DE ARRENDAMENTO MERCANTIL (em transformação para Banco Itauleasing S.A.) são convidados pelo Conselho de Administração a se reunirem em Assembléia Geral, que se realizará no dia 28 de fevereiro de 2007, às 15:00 horas, na sede social, na Alameda Pedro Calil, 43 - Vila das Acácias - Poá (SP), a fim de deliberar, em observância ao disposto no “caput” do artigo 231 da Lei nº 6404/76, sobre proposta de cisão do acervo patrimonial da sociedade, com versão à ITAUBANK LEASING S.A. - ARRENDAMENTO MERCANTIL da parcela correspondente às debêntures emitidas pela sociedade.

 

Poá-SP, 9 de fevereiro de 2007.

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Roberto Egydio Setubal

Presidente

 

Proposta do Conselho de Administração

 

 

Escritura e Aditamentos - ILAM17 / CILS-D71

Voltar


A decisão de investimento deve ser baseada na leitura e compreensão da íntegra do prospecto definitivo da distribuição, da escritura de emissão assinada e registrada e demais instrumentos acessórios, cujas cópias podem ser solicitadas a este Agente Fiduciário. Em caso de dúvida sobre o conteúdo do arquivo disponível para download favor entrar em contato.

Prospecto Definitivo - 07/12/2001
Download da Escritura
Download do Primeiro Aditamento